sânscrito I


O Sânscrito é uma língua clássica da Índia que influenciou consideravelmente os idiomas ocidentais. É uma das línguas mais antigas da família indo-européia. A palavra Sânscrito significa “aquilo que foi bem feito”. Um outro nome para essa língua é Devabhaśa. Etimologicamente, essa palavra significa “uma língua que é reluzente”; numa acepção mais popular, seu significado seria “a língua dos Deuses”.

O Sânscrito é uma língua foneticamente precisa, em que cada som é representado por um único símbolo. Cada som é precisamente definido em relação ao local onde o som é articulado e também ao tipo de esforço necessário para pronunciar a letra. A escrita usada é o devanāgarī, que significa “a escrita da cidade dos Deuses”.

Há nessa língua a possibilidade do uso de 2.200 raízes verbais para gerar um rico e vasto vocabulário. As palavras são formadas pela adição de prefixos e sufixos, de acordo com regras bem definidas. Panini (IV a.C.) foi o primeiro gramático do Sânscrito, autor de um tratado lingüístico chamado Aśthadhyayi. Obra composta de 3.959 sūtras (aforismos) distribuídos em oito capítulos e cada um deles se subdivide em quatro seções. O seu trabalho é altamente sistemático e técnico, com regras perfeitas, empregando bastante o uso da metalinguagem.

O conhecimento do Sânscrito é a chave para a sagrada literatura indiana, como também para qualquer outra forma de estudo na tradição indiana. Para o estudante do Vedānta e Yoga, essa língua clássica é um caminho para desenvolver uma mente lógica, livre de falácias, como também uma preparação para o contato com os textos tradicionais.

O curso de Sânscrito I visa a compreensão da pronúncia, escrita e leitura das palavras. Os alunos terão contato com os princípios básicos da língua, possibilitando assim um maior conforto e entendimento do devanāgarī.

datas: 11 e 25 Ago / 8 e 22 Set / 6 e 20 Out / 3 e 17 Nov / 1 e 15 Dez (às sextas-feiras)
horário: 16:10h às 17:40h 
material: apostila Vidyā Mandir (R$ 50,00)
valor do curso: 3x R$ 200,00

Your Name
Vicente Morisson
professor de Yoga, Sânscrito e Canto de Mantras

Ministra aulas de Yoga desde 2005 e hoje coordena as atividades na CASA JAMBŪ espaço dedicado a tradição Védica em São Paulo. Percorreu por vários estilos de prática, como: Haṭha Yoga (Celeste Castilho e Pedro Kupfer), Power Yoga (Anderson Allegro), Vinyāsa Yoga (Flavinha e Gisele Jacob), Aṣṭānga Vinyāsa Yoga (Camila Reitz e Regina Ehlers), Iyengar Yoga (Kálidas Nuyken, Gustavo Ponce e Renato Turla). Tem no estudo de Vedānta (jñana yoga) a base para viver o estilo de vida proposto pelo Yoga. Estudou na Índia com seu mestre Swāmi Dayānanda e hoje mantém seus estudos com a professora Gloria Ariera, Pedro Kupfer dentre outros. Além das aulas de Yoga, ensina aulas de canto de mantras, alfabetização do sânscrito e palestras sobre autoconhecimento na tradição Védica.